White Sea – Ladykiller

29 nov

Você provavelmente já ouviu a voz por trás do White Sea. Vocalista do projeto dream-pop M83, a cantora também conhecida como Morgan Kibby está se aventurando agora em sua carreira solo, e se o primeiro single “Ladykiller” é alguma indicação, ela irá me conquistar de um jeito que sua banda antiga não conseguiu. Apelando para uma melodia mais pop, a música começa com um clima sombrio que parece ser mais uma música de witch-house, porém soando como uma agradável mistura entre Bjork e Bat For Lashes. Agora chegando no refrão a coisa muda. A melodia perde o ar dark e ganha batidas pulsantes um tanto quanto alegres, com Kibby, aos gritos, clamando ser uma “ladykiller”. Uma divertida e charmosa surpresa, que deve render mais um bom lançamento para 2011, White Sea acaba de lançar um EP, que pode ser ouvido na íntegra no MySpace da cantora.

White Sea – Ladykiller

Chromeo – Hot Mess (Feat. La Roux)

18 nov

A faixa de abertura do novo disco do Chromeo acaba de ganhar uma releitura bem interessante. Se você é interessado ou não nessa banda de electro-rock, recomendo checar mesmo assim esse novo single, que já era bom no álbum mas que aqui ganha a participação de La Roux. A cantora, ao invés de fazer uma singela participação, adiciona um novo verso à música, que diga-se de passagem ficou mais legal que o próprio refrão. Para completar, o remix ficou sem sombra de dúvidas melhor que sua versão original, com o vocal único de Elly Jackson se sentindo bem a vontade ao meio de batidas com sintetizadores anos 80, característica na verdade dos dois duos. A música estava rodando na internet numa qualidade péssima tirada das rádios, então façam o favor de baixar a versão em HQ abaixo, e ouvir essa excelente canção!

Chromeo – Hot Mess (Feat. La Roux)

White Lies – Bigger Than Us

18 nov

E o White Lies está de volta. Depois de um ótimo debut porém pouco reconhecido pelo público, essa ótima banda volta em janeiro (de novo!) com um novo álbum, o Ritual, e de primeiro single ganhamos “Bigger Than Us”. Conhecidos por seus refrões grandiosos e toda uma ambientação post-punk, na primeira vez que ouvi o single tive a impressão de que tudo soava como uma cópia do Editors, e embora a música não seja ruim, tive a certeza de que estava ouvindo uma das piores canções dos caras. Mas bastou rodar mais algumas vezes que a coisa pegou. O refrão marca, assim com as outras do To Lose My Life, e embora o single não deva conquistar novos fãs, os curiosos de plantão devem ficar satisfeitos, mesmo não sendo de primeira. Ouçam a faixa abaixo, assistam ao clipe, e já anotem no calendário mais álbum um pra ouvir no calor de janeiro!

White Lies – Bigger Than Us

Friday Mixes – Vol. IX

12 nov

Mais uma semana, mais um Friday Mixes! Bora agitar pro feriado?

.

Marina & The Diamonds – Mowgli’s Road (Entrepreneurs Space-Hopper Remix)

PARA OUVIR: SE ANIMANDO PARA SAIR

A Marina já pode ser considerada a artista mais remixada do ano, mas por incrível que parece, esse é o primeiro remix que ouvi de “Mowgli’s Road”. O destaque do remix, entretanto, fica todo para o Entreppreneurs, que vem se consagrando como um dos DJs mais legais do Reino Unido, e esse remix por si só deve explicar bem o hype. Com guitarras, sintetizadores e mais instrumentos orgânicos do que você deve estar pensando, a música de Marina é completamente re-imaginada aqui, mas mantendo todos os samples que mais gostamos. Conheça o cara agora, e fique de olho em seus próximos trabalhos!

Marina & The Diamonds – Mowgli’s Road (Entrepreneurs Space-Hopper Remix)

.

M.I.A Vs. Muse – Supermassive XXXO (WLDCT Mash)

PARA OUVIR: TOMANDO BANHO.

Ritmo de “Supermassive Blackhole”, do Muse, misturado ao vocal de “XXXO”, da M.I.A. Tem como ficar bom? Bem, se você não for um fã xiita do Muse, as chances de você gostar desse mashup bem-feitíssimo são altas. Pela curiosidade ou para ouvir direto em casa, baixe esse aqui.

M.I.A Vs. Muse – Supermassive XXXO (WLDCT Mash)

.

Natalia Kills – Wonderland (PeaceTreaty Dubstep Remix)


PARA OUVIR: SE ARRUMANDO

OK, já acho que estou exagerando, e me segurei ao máximo pra não postar esse remix, mas vamos lá… Depois de apresentar seus três singles e um remix para dois deles, chega a vez da ótima música-história/conto-da-Disney-moderno “Wonderland” ganhar uma repaginada em suas batidas, aqui no caso, como vocês podem ler no título, repleto de elementos dubstep que vão te fazer pirar antes mesmo de sair de casa.

Natalia Kills – Wonderland (PeaceTreaty Dubstep Remix)

.

JOB – Warrior (Feat. Anjulie) (LA Riots Remix)

PARA OUVIR: BEBENDO

JOB, que mudou seu foco para músicas mais pops e acessíveis agora, apresenta seu novo single, a ótima “Warrior” com os vocais luxuosos de Anjulie.

JOB – Warrior (Feat. Anjulie) (LA Riots Remix)

.

Freestylers – Cracks (Flux Pavillion Remix)


PARA OUVIR: NO CARRO COM OS AMIGOS

Outro dubstep de primeira, onde Flux Pavillion adiciona todas as batidas necesárias nessa canção repaginada do Freestylers. A música irá chamar sua atenção de imediato, pois toda a sua agressividade é equilibrada com maestria com os belos e suaves vocais de Belle Humble, que passeiam por suas batidas fortes.

Freestylers – Cracks (Flux Pavillion Remix)

.

Miami Horror – I Look To You (Go Go Bizkitt! Remix)


PARA OUVIR: NA PISTA

Talvez o maior pecado que cometi nesse blog foi não ter comentado nada sobre o Miami Horror. Mas se você for um ouvinte ligado, você já vai ter ouvido essa música, que tem os belos vocais da Kimbra, que falamos aqui já. E sinceramente, não tem o que melhorar da original. O remix ajuda, adiciona batidas aqui e alí, mas a faixa continua o mesmo mosntro que é em sua versão do disco.

Miami Horror – I Look To You (Go Go Bizkitt! Remix)

.

Daft Punk – Rollin’ & Scratchin (Gonzales Rework)

PARA OUVIR: FAZENDO SEXO (CONTINUAR NA BALADA!)

Gonzales é um cara esperto. O que ele faz? Ao invés de simples remixes, o cara pega músicas conhecidas e adiciona pianos. Mas seu piano é maníaco. Basta dar uma olhada no que ele fez nessa faixa do Daft Punk, que embora não seja a melhor música pra sexo que eu já postei, ainda funciona na ocasião se colocada baixinho para dar todo aquele clima.

Daft Punk – Rollin’ & Scratchin (Gonzales Rework)

.

The Knocks – Dancing With The DJ (Chiddy Bang Remix)


PARA OUVIR: NA VOLTA VENDO O SOL NASCER

Chiddy ataca mais uma vez na música indie do momento. Dessa vez, a viciante “Dancing With The DJ” ganha todo o tratamento que já estamos acostumados: batidas de Xaphoon e versos do rapper, uma mistura imbatível como estamos acompanhando. Ouça na volta pra casa, com as janelas abertas e olhando pro sol, pois a música assim como a original, é daquelas que são capazes de mudar e levantar nosso humor em qualquer hora.

The Knocks – Dancing With The DJ (Chiddy Bang Remix)

.

[D/L] Friday Mixes IX

Panda Bear – Last Night At The Jetty

12 nov

O Panda Bear está lançando uma série de singles, mas isso você já sabe, e agora, chegou a vez de sair o lançamento do terceiro dos quatro discos a serem lançados. Dessa vez saiu a “Last Night At The Jetty”, música que o cara já vinha tocando em alguns festivais afora. Com os vocais harmoniosos típicos do cara, Panda Bear continua na sua jornada através de singles fantásticos, dessa vez com a canção mais melódica e até mais “pop” das que já sairam. Como disse, a qualidade entretanto continua altíssima, e resta agora ouvir o lado-b do single, “Drone”, que sai com o lançamento do single físico no final de Dezembro. Do jeito que tá indo, o Tomboy promete ser um dos melhores lançamentos do ano que vem, mesmo com a maioria das suas músicas lançadas nesse ano. Ouçam o single abaixo.

Panda Bear – Last Night At The Jetty

Maluca – Hector / El Tigeraso

12 nov

A trupe do Mad Decent sabe dar uma boa festa. Misturando um poquinho dalí com um poquinho de cá, nomes de peso como Diplo, Major Lazer e M.I.A fazem uma verdadeira feijoada cultural em suas músicas, que espalham as novidades do (e no) mundo inteiro, por meio de shows, DJ sets e remixes. Das favelas brasileiras, às pistas da Jamaica e aos clubes da Europa, os caras são bons no que fazem, e consequentemente, para entrar nesse grupo não é qualquer um. Chega Maluca.

Maluca é daquele tipo que não gosta de dar muita explicação. Nascida no Bronx e crescida em Manhattan por pais dominicanos, a mistura da cantora já começa por aí, e ao ouvir seus singles, suas influências ficam ainda mais óbvias. Após se encontrar com Diplo num bar de karaoke, os dois começaram a trabalhar juntos, e daí surgiu o primeiro single da cantora, “El Tigeraso”, um electro-merengue quentíssimo que prova que ela não está aqui pra brincar. A canção e seu respectivo vídeo é tão repleto de atitude, que fica difícil dizer que Maluca é apenas uma novata.

Maluca – El Tigeraso

Agora a verdadeira razão do post veio agora, depois de um ano do lançamento de “El Tigeraso”, Maluca lança sua primeira mixtape, a China Food Mixtape, com o single “Hector” como carro-chefe. Soando como uma M.I.A. psicodélica, a música é completamente diferente do seu outro single, com batidas electro vibrantes e viajantes que vão te fazer querer dançar até a morte na pista, com a cantora esbanjando a mesma dose de atitude, dizendo que “não liga a mínima pra sua mãe nem sua irmã” e que “elas podem ir pro inferno”. A cereja do bolo, entretanto, é seu clipe. Com recortes do anime Sailor Moon piscando sem parar, o vídeo acompanha com maestria a vibração da música, e adianto que não é recomendado para os que sofrem de epilepsia ou são fracos de coração.

Maluca – Hector

http://vimeo.com/16499025

Baixem o EP China Food Mixtape e aguardem por mais novidades dessa cantora, que está abrindo toda a turnê norte-americana da Robyn, e deve agitar a cena musical em 2011!

.

Wild Party – Life’s Too Short

11 nov

MySpace do Wild Party: atualmente, conta com 2 comentários, 22 amigos e 410 plays em seu primeiro single, “Life’s Too Short”. Só de olhar pra página dos caras dá pra constatar algumas coisas, a primeira sendo que a banda é extremamente nova, e a segunda é que mesmo não tendo quase nenhum sucesso ainda, os caras são caprichosos. Agora basta apertar o play no dito single, que podemos tirar mais algumas conclusões. A canção é extremamente boa, e no primeiro segundo você vai achar que está ouvindo uma canção dos The Killers de 2005, com Brandon Flowers nos vocais e tudo. Entretanto, como disse, a coisa não tem cara de demo aqui, com sintetizadores, riffs, e um refrão que lembra The Strokes, que carrega toda a agressividade do Is This It misturada à sensibilidade do Hot Fuss. Para completar, a banda vêm diretamente do Texas, e embarca agora numa turnê com os Wombats, além de concluir a gravação do seu primeiro disco, para 2011. Se esse single é alguma indicação, fique de olho para não perder essa festa, que promete.

Wild Party – Life’s Too Short

Trophy Wife – Microlite / Take This Night

11 nov

O Trophy Wife é uma daquelas bandas que gruda, mas por motivos diferentes dos sons mais atuais. Suas canções podem não ser imediatas, sem grandes refrões ou melodias viciantes, mas certamente algo me prendeu no som dos caras. Com um synth-rock bem suave,  o trio de Oxford chega a lembrar uma mistura entre Phoenix e os Foals, e com alguns lançamentos já em mãos durante o ano, só agora em novembro foi lançado oficialmente o single de “Microlite”, com seu delicioso lado B “Take This Night”. “Microlite”, como disse, pode parecer inofensiva no início, mas preste um pouco de atenção à faixa, que junto aos seus riffs de guitarra poderá observar diversas melodias diferentes tocando ao mesmo tempo. Vocais ecoados, batidas esparsas e um vocal que parece frágil do vocalista Jody Prewett, a banda que era vizinha de casa e agora está abrindo pro Foals, chama seu som de “office disco”, e fica bem fácil de entender o porquê. O b-side “Take This Night”, representa melhor esse lado, pois é o exato oposto ao som mais calmo de “Microlite”, mas igualmente luxuoso e mais harmônico.

Para completar o rock eletrônico doce e suave de “Microlite”, assista ao intrigante vídeo da faixa clicando aqui, onde você pode aprender uma coisa ou duas sobre sucrilhos. Ouçam o single e seu b-side abaixo, e aguardem por mais novidades em breve.

Trophy Wife – Microlite

Trophy Wife – Take This Night

Assista ao vídeo da faixa clicando aqui!!

Kellee Maize – Hasta Abajo (All The Way Down)

11 nov

Adivinha quem voltou? Apresentada lá atrás, Kellee Maize, que foi vista recentemente com a Lady Gaga, está de volta com um novo single, “Hasta Abajo (All The Way Down)”. Pra falar a verdade, a cantora vem lançando novas músicas todo mês praticamente, mas essa daqui, pelo visto, será o “single de verdade”. A música foi colocada para audição no site da cantora em diversas versões, e votada pelo público, essa aqui acabou virando a versão oficial. Resultado? A canção chegou a ser baixada 300.000 vezes no Amazon, ocupando o segundo lugar do Top 10 de hip-hop do site.

Sobre a música, Kellee muda um pouco de estilo nessa aqui, mantendo apenas suas letras irreverentes que vêm conquistando cada vez mais seguidores por onde passa. A cantora, que fala sobre liberdade espiritual, yoga e auto-ajuda, embala aqui suas rimas em uma batida de reggaeton misturada com electro, quente o suficiente para fazer a pista suar. Pode parecer estranho por não ter nada em comum com o estilo que conhecíamos da cantora, mas diversidade e liberdade parecem ser suas palavras chaves, e com um resultado tão legal quanto esse, não temos realmente do que reclamar. Com uma base de fãs leais e com algumas jogadas de marketing bem legais já em mãos, esse projeto, que é 100% independente, vai ser um belo show de se assistir em 2011, ainda mais se a trilha sonora permancecer nesse nível. Prometo que não vou ficar tanto tempo sem postar nada dela, então aguarde que assim que tivermos mais notícias, postaremos aqui. Ouça o single logo abaixo.

Kellee Maize – Hasta Abajo (All The Way Down)

Theophilus London – Flying Overseas (Ft. Solangé Knowles)

10 nov

Depois de passar pelo Brasil, coincidentemente ou não, Theophilus London acaba de lançar mais uma canção, “Flying Overseas”. O rapper, que já é conhecido por suas composições ferozes, faz aqui uma relaxante canção com o produtor Devonté Hynes (também conhecido pelo projeto Lightspeed Champion), que fala justamente sobre um “garoto do Brooklyn com sonhos de viajar o mundo todo com a pessoa amada”. O destaque da faixa, entretanto, fica com a brilhante convidada especial Solangé Knowles, que rouba o refrão para si e adiciona um clima de tranquilidade imensa à faixa, que nos faz aceitar na hora seu convite para “voar com ela”, como canta no refrão. Fiquem com a faixa abaixo e aguardem mais novidades do rapper para 2011!

Theophilus London – Flying Overseas (Feat. Solangé Knowles)