RESENHA: The Crookes – Dreams of Another Day

13 out

Engraçada essa banda The Crookes. Primeiro pelo fato de que todos vão confundir e pensar que você está falando do Crookers, segundo pois um não tem nada de parecido com o outro. Eu digo NADA. Tercerio é que eles cumprem o que prometem. Não vá esperando algo indie ao extremo, nem algo leve ao extremo. Espere algo melódico, mas apaixonante. Podendo ser comparados com o The Smiths, suas músicas são feitas para aqueles que se apaixonaram ou querem se apaixonar. E sim, eles poderiam também estar inseridos na metade da trilha sonora de 500 Dias Com Ela.

O albúm chamado Dreams Of Another Day tem apenas 8 músicas (ou podemos dizer 7 e 1/2?), o que é perefeito. Conta uma história ao começar por músicas mais agitadas e bem amarradas como as ótimas “Backstreet Lovers”, “Yes, Yes, We Are Magicians”, “A Collier’s Wife” e a excelente “Two Drifters” que concorre para ser uma das melhores do albúm. No meio disso existe a “Somewhere Over the Bus Stop” que parece meio perdida e podeira estar mais para o final. Em uma sequência, temos várias faixas mais paradas, eu aviso, bem paradas. Não que isso seja algo ruim, ao contrário, me fez apaixonar ainda mais pela banda. A faixa “More Blitz Than Ritz” tem quase 6 minutos e meio de duração, mas cada segundo vale ser ouvido e apreciado. Já a quase seca “Born Under a Bad Sign”, com poucos instrumentos e, percebe-se, sem muita edição, é simplesmente linda. Para fechar, como se fosse uma Bonus Track, vem a “Mrs Porter” que é realmente seca, com um piano e o vocal apenas, mas bem divertida como você irá perceber.

O resultado é algo extremamente gostoso de se ouvir, especialmente com alguém ao lado. É difícil que eu encontre um disco que goste de ouvir todas as músicas dele, mas esse eu posso dizer que sim. Ok, não é tanta coisa assim por ter apenas 8 faixas, mas eu ainda acho melhor ficar com a ausência de algo desnecessário, do que com o excesso. Fiquem de olho, pois essa banda tem de tudo para estar na trilha sonora de 200 filmes de romance, mas principalmente no seu iPod.

DISCO ♫ The Crookes – Dreams of Another Day

Anúncios

Uma resposta to “RESENHA: The Crookes – Dreams of Another Day”

  1. Mariana 06/11/2010 às 7:08 PM #

    Bem, não é bem um ábum. É um EP, o que justifica ter apenas 8 faixas. E a maioria das músicas foi gravada em casa, o que explica os efeitos precários.
    Entretanto, não deixa de ser um excelente trabalho. Eles estão gravando o primeiro ábum que será lançado no começo de 2011. As músicas estão mais amadurecidas e tenho certeza que não irão decepcionar!
    Está aí mais uma banda comprovando que o futuro musical não está perdido 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: